Submarino.com.br
Juliana Dacoregio Rotating Header Image

O otimista não é palhaço – ou, Chicuta me inspirando

Pois é… O Sr. Ricardo Chicuta, além de ser esse poço de fofurice, sex-appeal e modéstia (vide tweet), ele escreve muito bem. Sim, ele não é apenas um rostinho bonito. E não só escreve bem, como me surpreende às vezes com sua sabedoria. O cara é o maior desencanado, com suas camisetas de personagens fofos, vodka ao invés de água na geladeira e baladas a qualquer hora do dia ou da noite (isso quando não está quebrando pedras na mina para garantir a cerveja e o ingresso do Ventuno pro fim de semana). Mas no meio dessa adolescência tardia toda, há nele uma visão de vida bastante ponderada e que muito se assemelha a minha algumas vezes.

Estou dizendo isso porque ele escreveu um post intitulado “O otimismo é para os fortes“. Clica ali no título que eu não vou reproduzir tudo aqui.

O que importa é que o texto dele me fez pensar. E aí está meu pensamento sobre:

Eu entendo completamente o seu otimismo. Também já caí tantas vezes no fundo mais profundo do poço e depois fui subindo de volta, igual uma velhinha corcunda ou então com uma raiva hercúlea do tipo “caralho, esse fundo de poço que vá pra puta que pariu”. Mas eu saio. Again, and again, and again. Porque é preciso sair. Porque lá fora ainda tem um monte de coisa boa, mesmo a gente não conseguindo enxergar. Sim, otimismo é para os fortes. E talvez esse seja o otimismo mais verdadeiro, o otimismo daqueles que já se fuderam muito, mas continuam acreditando que o barco faz água, mas a gente vai tirando com o balde e continua flutuando.

não peça perdão, a culpa não é sua… estamos no mesmo barco e ele ainda flutua. Não perca a razão, ela já não é sua onda após onda, o barco ainda flutua …ao sabor do acaso ..apesar dos pesares , ao sabor do acaso… flutua !

(Engenheiros do Hawaii)

Ou… “… uma das coisas que aprendi é que se deve viver apesar de. Apesar de, se deve comer. Apesar de, se deve amar. Apesar de, se deve morrer. Inclusive muitas vezes é o próprio apesar de que nos empurra para a frente. Foi o apesar de que me deu uma angústia que insatisfeita foi a criadora de minha própria vida.”
(Clarice Lispector)

Be Sociable, Share!

8 Comentários on “O otimista não é palhaço – ou, Chicuta me inspirando”

  1. #1 Le
    on Dec 7th, 2010 at 15:05

    Afinal de contas, somos crianças.
    Caimos, ralamos os joelhos, mas apesar disso, ainda queremos brincar.
    E eu sou otimista como uma criança.

  2. #2 Juliana Dacoregio
    on Dec 7th, 2010 at 16:57

    O otimista não é palhaço – ou, Chicuta me inspirando http://is.gd/ilEgN @Rchicuta e @_mateuscarneiro vos dedico.

  3. #3 O Pensador Selvagem
    on Dec 7th, 2010 at 23:08

    OPS! > @JuDacoregio: O otimista não é palhaço – ou, Chicuta me inspirando | http://bit.ly/hdDCGG

  4. #4 Ricardo Chicuta
    on Dec 8th, 2010 at 00:51

    Atenção restante dos homens apaixonados por Ju DaCoregio.O cargo de muso inspirador já tem dono.

  5. #5 Diângeli Soares
    on Dec 8th, 2010 at 02:26

    RT: O otimista não é palhaço – ou, Chicuta me inspirando http://is.gd/ilEgN (eu concordo também, o otimismo é para os fortes!)

  6. #6 Ricardo Chicuta
    on Dec 8th, 2010 at 02:47

    RT @TopsyRT: O otimista não é palhaço – ou, Chicuta me inspirando http://is.gd/ilEgN

  7. #7 Ricardo Chicuta
    on Dec 8th, 2010 at 02:53

    Acabei de chegar da mina como diz a @JuDacoregio http://goo.gl/MTwGF

  8. #8 Bruna Ballarotti
    on Dec 8th, 2010 at 04:09

    RT @dsoares08: RT: O otimista não é palhaço – ou, Chicuta me inspirando http://is.gd/ilEgN (eu concordo também, o otimismo é para os for …

Deixe um comentário