Submarino.com.br
Juliana Dacoregio Rotating Header Image

Num piscar de olhos já não sou mais o que pensei que poderia ser

Posso mentir, enganar, me defender

Mas meu mundo nunca aceita

Assumir sem perder

Quer amor, compaixão

Ser querido, ser razão

E como continuar cedendo

Para ganhar migalhas de um sorriso

Histórias mal contadas?

Posso agora me construir

E dizer que – “Eu não sei”?

Posso sorrir enquanto choro

e ser feliz antes da dor?

Porque sei que ela vem.

Ela sempre vem.

E a recebo de braços abertos.

Não sei por que,

não sei por quem

Ensinaram-me a ser assim?

Posso andar muitos quilômetros

e querer o que já não tem fim?

“Súbita mão de algum fantasma oculto

Entre as dobras da noite e do meu sono

Sacode-me e eu acordo, e no abandono

Da noite não enxergo gesto ou vulto

Mas um terror antigo, que insepulto

Trago no coração, como de um trono

Desce e se afirma meu senhor e dono”

(Fernando Pessoa – sempre dizendo o que trago dentro de mim e ainda não sei expressar com tanta sofreguidão)

Be Sociable, Share!

4 Comentários on “Num piscar de olhos já não sou mais o que pensei que poderia ser”

  1. #1 Juliana Dacoregio
    on Dec 28th, 2010 at 23:46

    Num piscar de olhos já não sou mais o que pensei que poderia ser http://is.gd/jFlwN

  2. #2 Maria Juju Carolina
    on Dec 28th, 2010 at 23:46

    Num piscar de olhos já não sou mais o que pensei que poderia ser http://is.gd/jFlwN

  3. #3 Hneto
    on Dec 30th, 2010 at 14:43

    Adeus, ano novo!

  4. #4 hdmi kabel köpa
    on Apr 9th, 2011 at 11:49

    superb post. Ne’er knew this, regards for letting me know.

Deixe um comentário